SIGA-NOS
Instagram  Facebook
Servicos

A vacinação é de suma importância para que o animal de estimação tenha uma vida saudável e feliz.

Os médicos veterinários do Hospital Veterinário Santa Catarina orientam os proprietários de nossos pacientes, sejam filhotes ou adultos em relação aos protocolos de vacinação que garantam a saúde e proteção contra doenças infecto-contagiosas.
Uma das maiores causas de perdas de vidas dos animais de companhia são doenças virais e que são transmitidas através do contato com animais doentes, ar e secreções deixadas no meio ambiente. Além do risco de morte, um grande problema é a presença de seqüelas, muitas delas irreversíveis.
A vacina é a única forma de prevenção, e hoje apresenta altos índices de proteção, especialmente quando a escolha é feita por produtos cientificamente qualificados, correto emprego e aplicação feita pelo médico veterinário.
As vacinas devem ser iniciadas em torno dos 45 dias de vida do filhote e anualmente pelo resto da vida. Por mais que a imunidade seja muito boa no primeiro ano de vida, a continuação do programa é fundamental.
Esquema Vacinal
Cães: No primeiro ano de vida o filhote deve receber 3 da vacina V8 e 1 dose da anti-rábica, assim distribuídas:
• 45 dias > primeira dose da vacina polivalente.
• 65 dias > segunda dose da vacina polivalente.
• 90 dias > terceira dose da vacina polivalente.
• 120 dias > anti-rábica
Dispomos também da vacina contra giárdia, leishmaniose, e traqueobronquite infecciosa (seu uso e periodicidade devem ser discutidos com o médico veterinário).
Fica indicada também para regiões de maior risco ambiental a vacinação contra leptospirose a cada seis meses.

 Gatos:

• 60 dias > vacina quádrupla.
• 90 dias > reforço da quádrupla.
• 150 dias > anti-rábica.

As vacinas V8 no caso dos cães e Quadrupla no caso de gatos devem receber reforço ANUALMENTE.

Vacina de Raiva também deve receber seu reforço ANUALMENTE apara ambas as espécies. 

Vermífugos:
• Inicia aos 15 dias de vida.
• Nova dose aos 21 e 28 dias.
• 45 dias junto com a primeira vacina e assim sucessivamente acompanhando o esquema vacinal.
• Manutenção será de acordo com o ambiente, e que pode variar de mensal para áreas onde existam o risco do verme do coração (dirofilária) até bi-anual.
Nosso diferencial:
Nossos profissionais desenvolvem junto ao cliente, durante o ato da vacina, uma avaliação completa dos pacientes com informações referentes ao manejo alimentar, trocas dentárias, exame físico completo.
Nenhum paciente é vacinado antes de um exame físico completo e de orientações de profilaxia. Nossos clientes recebem orientações quanto à vermifugação. As vacinas e vermífugos utilizados por nós são de primeira linha.